Entrevista com Estúdio Coffee Ink Tatuaria

Equipe de profissionais Coffe Ink Tatuaria

 

Iniciando pelo clichê, gostaríamos de que contassem um pouco sobre a história do estúdio, sua missão e valores como empresa perante a arte.

A quase 03 anos ainda tatuando em casa, tive uma vontade imensa de realizar um sonho meu de ter uma cafeteria, e outro sonho de ter meu próprio estúdio, ai pensei, porque não os dois juntos, dai em plena ascensão da crise, resolvi investir, contra tudo e contra todos, deu super certo, e exatamente um ano depois estava eu me mudando, fazendo parceria com mais 03 tatuadores e ainda pensando em investir mais. Hoje além de ter uma cafeteria e um estúdio, ainda comprei uma lanchonete no mesmo prédio, hoje a loja tem 200mtr² 06 funcionários, uma administradora e 04 tatuadores.

Nossa missão é agregar à arte da tattoo de forma diferenciada, mostrando que tattoo não é para uma tribo e sim alcançável a todos.

Como foi formada a equipe? Vocês têm definido um profissional para cada estilo?

A formação de hoje não é a equipe que iniciou com a gente, a primeira formação foi feita depois que conhecemos alguns artistas que estavam participando de workshop’s com intuito de crescimento e melhoria de visão artística, e isso sempre foi nosso foco.

Qual a expectativa do estúdio para a convenção Brasília Tattoo Festival? Todo o time estará presente no evento? Qual o box que vocês estarão lá?

Nossa expectativa é a mesma de sempre, propagação de visibilidade do estúdio, e crescimento artístico, pois pelo evento passa mais de 10mil pessoas, e tem artistas referencias do mundo e no mundo inteiro

Obra de Rodrigo Ayala

 

Como vocês tem visto a arte hoje no Distrito Federal? O crescimento dela tem sido acima do esperado?

Eu tenho visto com bons olhos, Brasília tem bons tatuadores, e como sempre eu digo, quem tatua com o clima bastante seco de Brasília (peles não hidratadas por consequência) tatua em qualquer lugar, e uma nova geração que está crescendo em Brasília, ta mudando o estereótipo tradicional, que é maravilhoso, mas acaba travando muito artista com grandes potenciais.

 

 

Jogo rápido:

4 tatuadores internacionais: Dimitry Samohim, David Corden, Steve Butcher, Neon Judas entre outros

1 livro: Caçador de Pipas

1 cd: Legião Urbana – Disco Dois

Uma música: Índios

Tattoo: Realismo

CoffeeInk -Tatuaria & Cafeteria: Minha segunda casa, um local onde me sinto bem e tento passar isso para funcionários, parceiros e clientes

Arte: Um pensamento muito individual, independente de tattoo em si

Brasil: Criatividade enraizada

Preconceito: Não dou ibope para isso, se um dia sofri não percebi, prefiro potencializar coisas boas

 

 

Obra de Miguel Melo

Quais as tintas que vocês trabalham, e por que esta escolha? Como vocês definem o tipo do material a ser trabalhado? Já tiveram que trocar alguma vez?

Utilizamos a Electric , presamos a legislação, e das legalizadas pela a Anvisa é a que achamos melhor, mas fácil de encontrar para venda e mais variedade de cores, em Brasília as leis funcionam, dai se utilizarmos pigmentos importados, que por sinal são muito bons também, com certeza receberemos uma “visitinha”

 

Rodrigo Ayala, vocês tem duas profissionais na equipe, qual a sua visão sobre o ainda existente preconceito com mulheres no meio da tattoo? Vocês já tiveram casos de preconceito no estúdio?

Realmente temos a Shirley, (chamamos ela de “Boss”) ela administra o estúdio, é minha sócia e o mais importante minha esposa, e, temos a Ingrid Campelo (Tatuadora), a Shirley já recebeu preconceito por acharem que ela era somente uma recepcionista, e a Ingrid já recebeu preconceito por conta da idade, mesmo sendo uma grande profissional e uma grande artista, por incrível que pareça ela somente tem 19anos, alguns clientes não viram credibilidade nisso e até já houve desistência, mesmo tendo referencias das artes dela.

Obra de JC Tavares

Quais são os principais projetos a longo prazo da Coffee?

Temos um sonho de crescimento, talvez ampliando a loja, e colocando outras unidades em Brasília, e nesse momento fizemos uma reforma, para melhorar a estrutura para recebermos artistas de outros estados para trabalhos por temporada (Guest)

 

Qual é a satisfação de poder criar uma arte exclusiva para um cliente e ve-lo retornar ao estúdio para realizar outro trabalho?

Quando chegamos nesse patamar, vemos que tudo que largamos por esse estilo de vida que não é fácil, valeu a pena, viramos o tatuador da pessoa em questão, deixamos de ser o tatuador, para virarmos o “personal tattooartist” acho que essa deve ser a meta de todo profissional.

 

Contatos:

Rodrigo Ayala

Cel – (61) 99211 6365

Loja – (61) 3047 9937

Email –  [email protected]

Facebook – Rodrigo Ayala

Instagram – @rodrigo.coffeeink

Instagram da loja – @coffee.ink

Endereço fisico: Qne 05, Lotes 10/11, Lojas 06/07, Avenida Sandu norte, Taguatinga – Distrito Federal

CEP – 72.125-050

Site oficial: www.coffeeink.wixsite.com/coffeeink

Facebook: https://www.facebook.com/coffeeinktatuariaecafeteria

Instagram (Do estúdio e todos os seus profissionais):

@coffee.ink, @rodrigo.coffeeink, @shirleyalmeidasa, @ingridcampelo_, @miguelmeloms, @tavares.tattoo

Telefone(s):

(61) 99211 6365 Rodrigo Ayala

(61) 98281 3019 Shirley Almeida

(61) 3047 9937

Email: [email protected]   | [email protected]

 

Obra da artista Ingrid Campelo

 

Considerações finais:

A arte tem que impressionar, e não somente impressiona uma arte bem-feita, mas um tratamento bem feito, uma estrutura bem elaborada e um bom profissionalismo têm que andar juntos e essa é a nossa visão de um bom trabalho dentro da CoffeeInk Tatuaria & Cafeteria.

Cremo é Fundador do Portal Wonder Girls Tattoo e do Portal @CULTURAEMPESO. Formado em Redes para Computadores, é fotográfo e desenvolve websites. Página oficial no facebook: www.facebook.com/wondergirlstattoo Instagram: @wondergirlstattoo Perfil: fb.facebook.culturaempesobr

Compartilhe este post